terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Início dos planos para 2018

Campinas Janeiro de 2018. Ao amado irmão e igreja intercessora, Depois da correria do final ano, culminando com o casamento do nosso filho Davi com Shirley, conseguimos parar para planejar nossa próxima viagem em solo africano. Pretendemos viajar entre os meses de setembro e outubro. Nosso plano é passar a maior parte do tempo no norte de Moçambique. Em 2016 conheci o irmão David Sango, missionário do Congo que serve o Senhor Jesus em Pemba. Pemba é uma cidade no norte de Moçambique com 75% da população islâmica. Nosso plano é iniciar nossa jornada por ali, depois descer até Nampula chegando até Maputo, capital do pais que fica no sul. Desejamos levar duas caixas de bíblias, algumas bíblias de estudo (McAthur ou Scofield) e revistas para crianças, adolescentes e jovens (hora bíblica) com caixas de lápis de cor. Como pretendemos ir em dois (eu e minha esposa) temos 128 quilos de bagagem. Desejamos que o irmão Paulo Naene se une a nós em Pemba, para isso teremos que levantar o dinheiro da passagem dele. Nosso alvo e levantar 3 mil dólares para as despesas de passagens, pessoais alimentação, material e ajuda missionária. Cremos que o nosso Senhor Jesus tocará nos corações daqueles que se disponibilizarão em ajudar-nos nessa causa. Bem, essas são nossas notícias sobre o Projeto Missão Para África, mas também queremos compartilhar com os irmãos nossas atividades locais. Em 2017 tivemos muitas perdas, em especial duas das irmãs mais antigas do trabalho local, a irmã Esmeralda (minha sogra) e irmã Odete, partiram para estar com o nosso Senhor Jesus Cristo, foram duas servas de Deus, quando ainda lúcidas sempre assíduas nos trabalhos da igreja. A igreja local segue em suas atividades normais, os jovens assumindo responsabilidades e nosso desejo é vê-los desenvolvendo na ministração da Palavra. Com relação a família, peço vossas orações por minha saúde. Desde o início do ano passado venho tentando marcar um dermatologista pelo SUS, pois surgiu uma mancha em meu rosto. Em novembro consegui um agendamento para ir até a PUCC, onde constatou se tratar de um câncer de pele, bem provável ser um carcinoma basocelular. Aguardo o chamado para extração e biópsia. Elisabeth goza de boa saúde, Pedro, nosso caçula, levou uma queda no trabalho e fraturou o dedo mínimo, o famoso mindinho, ficará de molho por quinze dias. Como mencionei no início, nosso filho mais velho se casou no dia 30/12, hoje ele mora em Assunção – Paraguay. Foi uma grande benção o casamento deles. Conhecemos muitos irmãos paraguaios que vieram para o casamento. São essas nossas notícias, segue então um resumo para vossas orações. BENÇÃO: - Casamento de Davi e Shirley
- Saúde da família PEDIDOS - Planejamento da viagem e arrecadação dos recursos para viabiliza-la - Extração da mancha no rosto e biópsia - Sabedoria e ânimo no ministério - Sustento pessoal Despeço-me dos irmãos com as preciosas palavra de nosso Deus para seu servo Josué: “Não te mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares. Josué 1:9 Em Cristo, Fábio e Elisabeth Coutinho A Cristo, toda a glória. fabioroco@outlook.com Depósito: Banco do Brasil: Agência 3150-x c/c 112808-6 Outros relatórios estão no blog : http://missaoparaafrica.blogspot.com.br

sábado, 6 de maio de 2017

PRESTANDO CONTAS

Iniciamos nossa jornada no dia 18/04 as 20:00, saindo de Campinas rumo a Guarulhos. Apesar do nosso voo sair apenas as 5:00 hs, saímos cedo por que esse era o ultimo ônibus da viação Lira para o Aeroporto. Chegamos em Bissau no dia 20/04 as 04:00 hs. Cansados mas alegres por rever nossos irmãos Gui Gui (forma carinhosa de chamar os guineenses). Após um descanso até o horário do almoço, levamos para a casa do irmão Purna os vestidos e sandálias doadas. Foi maravilhoso ver a alegria daqueles irmãos
Apesar da grande quantidade de vestidos e chinelos, ainda assim é pouco diante da extrema necessidade daquelas pessoas,
Louvamos a Deus pelo esforço daqueles que colaboraram para tornar realidade esse empreendimento, especialmente ao casal de irmãos que na ultima hora ofertou U$ 150,00 para levar esse material, pois foi preciso pagar pelo excesso de bagagem. Deus supriu no tempo certo. Amém.
Quarta feira foi dia para acostumar com o horário e calor (35 graus), onde passeamos pelas ruas de Bissau. /quinta feira Elisabeth ministrou a Palavra para as irmãs da igreja do Aeroporto, Iniciamos na sexta feira os estudos do Alvo Equipando, onde cerca de 30 pessoas participaram do primeiro módulo. Levamos material para 50, mas alguns estudam e outros trabalham, assim eles mesmo vão dar o treinamento para esses irmãos.
O início dos estudos se deu por volta das 9:00, estendendo-se até 18:30, no sábado foi dado o segundo módulo, e na segunda o terceiro. No domingo cultuamos o Senhor com os irmãos da IEA (Igreja Evangélica do Aeroporto)
Na terça foi dia para capacitar 10 irmãos que darão continuidade ao projeto, aplicando os estudos dos demais módulos. De quarta feira em diante, foram dias para vistar famílias, congregações como a de Salquenha (100 Km ), e fazer a entrega das revistas Hora Bíblica que o irmão Alexandre Torres de Pirassununga nos enviou. O irmão Cristóvão é o responsável pelo departamento de educação da igreja, em conversa particular, descobri que só na igreja sede tem mais de 300 crianças assistidas na escola que eles mantém de forma precária, e pelos menos mais 500 crianças no interior, tendo aulas em pedações de madeira como na foto.
Descobrimos que o irmão Purna e Titina celebraram no dia 22/04, 22 anos de casados, conseguimos presenteá-los com um liquidificador, e levar o casal a comer pizza (Titina nem sabia o que era isso). Foi uma forma de expressarmos nossa gratidão pela acolhida e amor, especialmente nos dias em que Elisabeth estava muito triste por conta da saúde de sua mãe aqui no Brasil.
A Igreja Evangélica do Aeroporto esta lutando para concluir a construção do novo templo, bem maior e de alvenaria. Carecem de nossas orações
Dias maravilhosos, apesar das condições difíceis que a maioria dos irmãos enfrentam, o gozo e alegria em servir ao Senhor é um incentivo a nós. Ainda preguei no culto do domingo dia 30. Partimos para o Aeroporto a 23:30, nosso voo até Casablanca (Marrocos) saiu as 3:30, e somente no dia 03 é que nosso voo para São Paulo sairia, nesse meio tempo, acomodados num hotel com pensão completa pela Cia Aérea marroquina (segundo meia querido irmão Jabesmar, são mimos que o Pai nos concede), nos aventuramos pelas ruas de Mohammed, conhecendo outra cultura, bem como ser impactado por um pais onde 99% da população é islâmica, mas que, até onde percebemos, não um islamismo radical, pois vimos pessoas, principalmente mulheres trajando diferentes tipos de vestimentas.
Chegamos em casa por volta das 00:30 de quinta feira. Nossa convicção é que a igreja brasileira pode fazer muito pela causa do evangelho no continente africano. Podemos supri-los com material de ensino bíblico de boa qualidade, tendo em vista ser muito escasso tais itens. Um sonho surgiu em meu coração, que é de fazer funcionar em Bissau uma biblioteca e livraria evangélica. É uma semente que necessita ser regada com vossas orações, pois o empreendimento para isso é muito grande. Africa é assim, cultura diferente, gente carente, mas sempre com um sorriso cativante.
Quero em especial agradecer a Elisabeth, minha esposa, que, apesar do estado de saúde de sua mãe ser grave, não exitou em me acompanhar nessa jornada. Que Deus possa retribuir a ela, todo companheirismo, amor e dedicação a obra do Mestre.
Mais uma vez, quero agradecer a cada irmão, irmã, igreja que proporcionou nossa ida até Guiné Bissau, não poderíamos ter ido sem vosso apoio, Deus retribua vossa generosidade pela obra Dele. A Ele toda glória.